Hospitais de Manaus sofrem com falta de oxigênio durante a pandemia de coronavírus, em 14 de janeiro.

Quem enviou cilindros de oxigênio para Manaus?

Na noite de quinta-feira (14), após os relatos de escassez repercutirem durante o dia, Pazuello anunciou numa live com o presidente Jair Bolsonaro o envio cilindros de oxigênio para Manaus em aviões da Força Aérea Brasileira. O governo brasileiro também pediu ajuda aos EUA para transportar insumos até a capital amazonense.

O que aconteceu com o estoque de oxigênio no Amazonas?

Com a nova explosão de casos de COVID – 19 no Amazonas, o estoque de oxigênio acabou em vários hospitais de Manaus nesta quinta-feira, 14, levando pacientes internados à morte por asfixia, segundo relatos de médicos que trabalham na capital amazonense.

Por que a crise em Manaus preocupa outros países?

A crise em Manaus preocupa também outros países, já que há evidências de que o vírus que circula na capital amazonense é de uma nova cepa do coronavírus. O Reino Unido suspendeu voos do Brasil e outros países para tentar barrar a disseminação dessa mutação em solo britânico.

Qual a empresa responsável pelo fornecimento de oxigênio?

Segundo o governo, a White Martins, empresa responsável pelo fornecimento de oxigênio, informou em 7 de janeiro que não teria condições de suprir a demanda crescente, alertando, inclusive, o governo federal.

You might be interested:  Qual O Melhor Curso De Ingles Em Porto Alegre?

Quem enviou cilindros de oxigênio para manauaras?

O governo federal enviou cilindros de oxigênio para hospitais manauaras na madrugada desta sexta-feira (15). A carga foi transportada em dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB).

O que aconteceu com o oxigênio no Amazonas?

Falta de planejamento e negacionismo: por que Manaus ficou sem oxigênio? O aumento de internações por covid-19 em Manaus provocou um novo colapso no sistema de saúde da capital amazonense, com pacientes morrendo por falta de oxigênio nos hospitais.

Qual a empresa responsável pelo fornecimento de oxigênio?

Segundo o governo, a White Martins, empresa responsável pelo fornecimento de oxigênio, informou em 7 de janeiro que não teria condições de suprir a demanda crescente, alertando, inclusive, o governo federal.

Por que solicitar a disponibilização de estoque de oxigênio para o Amazonas?

‘Em face dessa realidade e lastreado no princípio da mútua cooperação que deve existir entre os entes federados, vimos por meio desta solicitar a disponibilização de estoque de oxigênio de uso hospitalar dessa unidade da Federação para que o Amazonas possa mitigar os efeitos da pandemia e com isso salvar vidas’, dizia o documento, obtido pelo G1.