Em 30 de outubro, Crivella venceu a disputa, tendo sido eleito com 59,36% dos votos válidos (1 700 030 votos), ante Freixo, que obteve 40,64% (1 163 662 votos). A chapa vencedora tomou posse na Prefeitura do Rio em 1° de janeiro de 2017 para um mandato de quatro anos.

Quem é o prefeito do Rio de Janeiro?

Em 29 de novembro de 2020, Eduardo Paes é eleito prefeito do Rio de Janeiro (RJ) pela terceira vez, derrotando o então Prefeito Marcelo Crivella.

Qual foi o resultado das eleições para prefeito no Brasil?

Confira o resultado das eleições para prefeito em todas as cidades do Rio de Janeiro Angra dos Reis – Fernando Jordão (MDB): 52,66% (45172 votos) Armação dos Búzios – Alexandre Martins (REPUBLICANOS): 43,44% (9451 votos)

Quem foi o último prefeito do Rio de Janeiro?

Eduardo Paes
Período 1 de janeiro de 2021 a atualidade
Vice-prefeito Nilton Caldeira
Antecessor(a) Marcelo Crivella
11.º Prefeito do Rio de Janeiro
You might be interested:  Qual O Valor Da Passagem De Ônibus Para Florianópolis?

Qual foi a última eleição no Rio de Janeiro?

Em 29 de novembro de 2020, Eduardo Paes é eleito prefeito do Rio de Janeiro (RJ) pela terceira vez, derrotando o então Prefeito Marcelo Crivella.

Em que ano será a próxima eleição para prefeito?

A eleição será no dia 11 de novembro de 2021 e interessados em participarem do pleito, seja como eleitor ou candidato, devem se inscrever de 20 de agosto a 5 de outubro.

Quem era o prefeito da cidade do Rio de Janeiro?

O atual prefeito, Eduardo Paes, nasceu em 1969, quando o território correspondente ao atual município compreendia em sua totalidade ao extinto estado da Guanabara, e os demais prefeitos nasceram quando o Rio de Janeiro correspondia ao extinto Distrito Federal (1891–1960).

Quem era o prefeito do Rio de Janeiro em 2007?

Eduardo da Costa Paes (1969-), carioca, formou-se em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Iniciou sua carreira na política aos 23 anos, como Subprefeito da Zona Oeste na primeira gestão do Prefeito César Maia (1993-1996).

Quando foi a última eleição estadual?

As eleições gerais no Brasil em 2018 foram realizadas no dia 7 de outubro.

Quantos votos Bolsonaro teve no estado do Rio de Janeiro?

Jair Bolsonaro venceu a eleição no Rio de Janeiro em ambos os turnos, no primeiro, com 59,79% dos votos e no segundo com 67,95% dos votos.

Quem era o governador do Rio de Janeiro em 2014?

No segundo turno, foi eleito o atual governador Luiz Fernando Pezão, com 55,78% dos votos válidos contra 44,22% do então senador Marcelo Crivella. Pezão recebeu 4.343.298 votos.

Vai ter eleição em 2022?

As eleições gerais no Brasil em 2022 estão agendadas para o dia 2 de outubro, para o primeiro turno, e em 30 de outubro em caso de um segundo turno. Nesses dias, serão eleitos o Presidente, o vice-presidente e o Congresso Nacional.

You might be interested:  Qual A Distância De Fortaleza A João Pessoa?

Quando começa a Pré-campanha 2022?

Data a partir da qual os feitos eleitorais, até 4 de novembro de 2022, terão prioridade para a participação do Ministério Público e dos juízos de todas as Justiças e instâncias, ressalvados os processos de habeas corpus e mandado de segurança (Lei nº 9.504/1997, art. 94, caput e Res. – TSE nº 23.608/2019, art.

Como se candidatar a vereador 2024?

Para se candidatar a vereador, o cidadão precisa ter o domicílio eleitoral na cidade em que pretende concorrer até um ano antes da eleição, além de estar filiado a um partido político.

Quem era o prefeito do Rio em 2003?

Cesar Maia 2 – www.rio.rj.gov.br. Cesar Epitácio Maia (1945-), carioca. Membro do Partido Comunista Brasileiro e perseguido em 1964 pela ditadura civil-militar, exilou-se no Chile, onde se graduou em Economia pela Universidade do Chile, em 1972.

Qual é o nome do prefeito e do vice?

Reginaldo Benjamim de Barros é brasileiro, casado, pai de três filhos e três netos residente à Rua Projetada 1718, Aldeia Camurupim, Marcação – PB. Nascido aos 27/04/1967, é filho de Severina Benjamin de Barros.

Quem era o prefeito do Rio de Janeiro em 2000?

Em 29 de outubro, Maia venceu a disputa, tendo sido eleito com 51,06% dos votos válidos (1.610.176 votos). A chapa vencedora tomou posse na Prefeitura do Rio em 1° de janeiro de 2000 para um mandato de quatro anos.